Segunda, 18 de fevereiro de 2019
089 988087384
Operação lava jato

26/06/2018 ás 23h44

150

Da Redação

TERESINA / PI

Gilmar Mendes pede vistas de denúncia contra Ciro Nogueira
julgamento esta empatado
Gilmar Mendes pede vistas de denúncia contra Ciro Nogueira
Reprodução Internet

Durante a sessão de julgamento na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, nesta terça-feira (26/06), o ministro Gilmar Mendes apresentou pedido de vistas antes de manifestar seu voto sobre o pedido da Procuradoria-geral da República, para tornar réu o senador Ciro Nogueira, denunciado por recebimento de propina da UTC Engenharia.


O julgamento está empatado. Edson Fachin, ministro relator, votou pelo recebimento da denúncia. Dias Toffoli abriu divergência e votou pela rejeição da denúncia, no entendimento de que não foram produzidas provas suficientes para abertura da ação.


Gilmar disse que só pretende levar o caso de volta à Turma em agosto, após o recesso forense. Além de Mendes, ainda faltam votar os ministros Ricardo Lewandoski e Celso de Mello.


À Agência Brasil, o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que o delator Ricardo Pessoa - cuja colaboração baseia a denúncia da PGR - jamais mencionou pedido ou promessa de vantagens por parte de Ciro. "O que se deu aqui foi a interpretação pelo procurador-geral da República [Rodrigo Janot, à época] da delação".


No mesmo julgamento, os ministros arquivaram parte da denúncia, referente à acusação de que Ciro teria recebido propina através de um falso contrato com um escritório de advocacia

FONTE: 180

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados